O que será de nós? Questiona menina cristã de 10 anos ao enfrentar perseguição religiosa no Iraque

O que será de nós? Questiona menina cristã de 10 anos ao enfrentar perseguição religiosa no Iraque

Os cristãos do Iraque “perto da extinção” sem a ajuda do Ocidente

O que será de nós? Questiona menina cristã de 10 anos ao enfrentar perseguição religiosa no Iraque Os cristãos do Iraque "perto da extinção" sem a ajuda do Ocidente

Não tenho certeza do meu futuro aqui no Iraque”, diz Helda, de dez anos de idade, que, com sua família, acabou de voltar para sua cidade natal, Qaraqosh, no norte do Iraque.

“Eu gostaria de ir para o exterior com minha família se tivéssemos de continuar sofrendo guerra e perseguição; Quanto tempo demorará para que possamos finalmente estar seguros? Minha mensagem para o Ocidente é fazer o máximo possível para apoiar os cristãos no Iraque porque estão perto da extinção. Ajude-nos.”

Helda fugiu de Qaraqosh no norte do Iraque em 2014 quando o Estado islâmico invadiu. Ela lembra: “Tivemos que escapar do inferno da violência e do terrorismo. Eu fui chorando, sem esperança de voltar para minha cidade, minha escola; sem esperança de ver meus amigos de novo. Não tínhamos ideia de quanto tempo seríamos deslocados”

No entanto, sua família, juntamente com muitos outros cristãos da região, enfrentam agora novas ameaças à sua segurança e a um futuro incerto.

“Não sei por onde começar, porque as coisas ainda estão tão instáveis”, diz ela. “O que será de nós? É tão difícil dizer agora. “

 FONTE DE NOTICIAS :Portal Padom